Guia de Maquiagem para Inciantes: Base | Momento Beaute
02 ago
2012

Guia de Maquiagem para Inciantes: Base

Ainda rola um certo tabú entre a mulherada, quando o assunto é base! Talvez, muitas de vocês que acompanham blogs ha muito tempo já estejam mega acostumadas a usar, talvez até saibam identificar os pontos positivos e negativos de diversos produtos. Mas ‘lá fora’, na galera off line é diferente.

Ainda rola um preconceito, as pessoas acham que fica artificial, ‘pesado’ ou que não precisa passar base. E não adianta uma pessoa que entende do assunto dizer “tem que usar base” pois se a pessoa não entender o porque, não vai usar.

Bora lá desvendar os mistérios, começando pelo começo! haha

Para que serve a base facial?

  • uniformizar a pele
  • disfarçar poros abertos
  • corrigir pequenas imperfeições
  • manter a pele seca quando é ideal para peles mistas ou oleosas, manter a pele hidratada quando é ideal para peles secas

É importante que a pele seja bem preparada, para que o resultado final da maquiagem seja o melhor. Quem tem pele seca precisa usar bases mais ‘hidratantes’ ou mais líquidas, pois se usar uma base completamente mate a pele que já é seca vai ressecar ainda mais e craquelar a maquiagem.

No caso da pele oleosa, a base precisa segurar a oleosidade para evitar o excesso de brilho na pele e claro, manter a maquiagem no lugar. Se a pele está muito oleosa a tendência é a maquiagem que está ‘em cima’ da base, derreter.

Vocês já pararam pra pensar que o produto faz jus ao nome? Ela é a base para receber a maquiagem! Não adianta saber fazer um olho super esfumado, aplicar blush direitinho e tudo mais, se a pele não estiver uniformizada e corrigida.

Quais são os tipos de base?

  • Líquida

Existem dois tipos, a ultrafluida que é bem ralinha e por isso não fixa direito na pele, além de oferecer baixíssima cobertura. É ideal para quem tem a pele linda, sem olheiras nem espinhas. Pela minha experiência, é o tipo de base que só atende as necessidades de uma adolescente que tem boa pele, livre de acne e manchas. E só!

O outro tipo é a base líquida mais encorpada, mais espessa, mais cremosa, que oferece boa cobertura, boa fixação e um resultado mega natural. Esta é a minha preferida!

  • Creme

Geralmente oferece alta cobertura e aspecto mais ‘pesado’. Nem sempre dá certo para uso durante o dia! Tende a marcar rugas e linhas de expressão, assim como pontos de ressecamento. Não é indicado para quem tem pele ressecada.

  • Compacta
A textura deste tipo de base varia muito de marca pra marca, assim como de linhas para linhas, dentro da mesma marca. algumas são bem consistentes, bem duras e não dão uma aplicação bacana. Outras são bem cremosas e tem um resultado muito próximo ao que as bases líquidas cremosas oferecem, com alta cobertura e excelente fixação. Precisam ser bem aplicadas para dar um efeito natural.
  • Bastão

Poucas marcas ainda fabricam esta opção de base, que geralmente oferecem alta cobertura e efeito pesado, ideal para uso a noite. Tendem a ser mais oleosas e por isso é mais indicado para peles secas.

É a famosa “2 em 1″ e brasileiras não podem ouvir isso que já querem, afinal, economiza no custo e no tempo né? rs Este produto tem uma proposta bacana, mas precisa saber aplicá-lo. O ideal é usar um pincel kabuki ou um pincel para pó com cerdas sintéticas, pois assim aplicará bastante produto, sem deixar o aspecto artificial e pesado.

Se for aplicado de maneira errada, não dá a cobertura de base!

Para quem tem pele oleosa ou transpira demais, este é o produto ideal, mas cuidado ao usá-lo no inverno, se sua pele estiver ressecada, isso ficará bem evidente.

  • Pancake

Oferece altíssima cobertura e efeito mega artificial e pesado. Era usado antigamente para o cinema, mas muitoooo antigamente. Hoje em dia ainda é usado para maquiagens de atores de teatro, afinal, a distância da platéia e as luzes não permitem que se note o efeito horrendo. Dica: mantenha-se longe deste produto, #Grata.

Como definir o tom ideal da base?

É o mesmo esquema dos corretivos, o ideal é testar na pele do rosto, aplicando no sentido vertical da bochecha até o início do pescoço. Espalhe um pouquinho e veja se deu diferença de tom entre a parte que você aplicou e as laterais que estão com a pele limpa. Se der diferença, este não é seu tom ideal!

Eu sei que é sofrido encontrar base nacional no tom certo, mas gente, não tem jeito. A base tem que ser no tom ideal, do contrário fica parecendo que está usando uma máscara e é a treva!

Como escolher a base ideal?

É importante avaliar os seguintes fatores:

  • tipo de pele (seca, mista ou oleosa)
  • objetivo (para uso no dia a dia ou noturo) 
  • idade (pele jovem ou pele com muitas marcas de expressão/rugas)
  • clima do lugar onde você mora (faz mais frio, mais calor, é muito úmido)

O primeiro passo é averiguar se a base oferece cobertura mate ou não, assim você consegue distinguir se é ideal para seu tipo pele. Em seguida analise se a cobertura é muito pesada, se o resultado é natural ou não e assim você conseguirá definir se é uma boa base para o dia ou para a noite.

É importante observar se a base é líquida ou mais espessa, pois quanto mais espessa maior é a tendência de marcar as linhas e rugas.

Outro detalhe importante é se a base se adapta melhor a climas mais frios ou mais quentes, pois algumas bases não sobrevivem ao excesso de calor, acabam derretendo o no fim do dia, cadê a base? Você sai de casa linda e volta pior do que estava quando acordou…haha

E como descobrir tudo isso? Simples, vou te apresentar um amigão, o Google! Ele é super simpático, você digita lá o nome da base, clica em pesquisar. Depois da pesquisa clique na barra lateral em ‘blogs’ e se achar necessário clique também em ‘páginas do Brasil’. Pronto, você encontrará reviews sobre o produto, pode ler todos e tirar a sua opinião.

Como aplicar a base?

Existem muitas maneiras de aplicação e cada uma oferece um resultado final diferente. O mais importante é que vocês entendam que aplicar base com os dedos não é legal e dificilmente fica bom. Se o objetivo é um bom acabamento e o mais natural possível, esqueça seus dedinhos e invista em um dos seguintes produtos:

  • Esponja de látex
A gente encontra facilmente em farmácias e perfumarias e custam bem baratinho. Podem ser lavadas e reutilizadas. O ideal é aplicar com batidinhas, pois se ficar passando/esfregando a esponja, ao invés de ela aplicar o produto, vai retirar. Se a base não for muito espessa a aplicação fica ok, não é a melhor opção mas o resultado é bem mais bonito do que quando se aplica com os dedos.
  • Pincel de base
Apesar de ser o pincel mais vendido, para função de aplicar base, não recomendo! Ele deixa um efeito ‘riscado’ na pele, que acaba por deixar o aspecto bem artificial. E quanto mais cremosa/espessa for a base, mais esses ‘riscos’ ficam evidentes.
Na próxima foto dá pra ver um pouco deste efeito que falo, é claro que depois de espalhar mais a base isso diminui, mas ainda permanece!
A dica é usar este tipo de pincel para aplicar corretivo, já que é um produto mais ‘ralo’ e mesmo que fique algum risquinho, será corrigido na hora da aplicação da base.
  • Pincel Duo Fiber

É o pincel ‘basicão’ da aplicação, sempre dá certo e grazadeus já está sendo produzido por marcas nacionais, ou seja, dá para encontrar em perfumarias. O segredo deste pincel é que ele tem dois tipos de cerdas, em tamanhos diferentes.

As cerdas sintéticas são brancas e maiores, são essas que ‘pegam’ o produto. Ao aplicar na pele o ideal é que se faça movimentos circulares e assim, as cerdas naturais que são as menores, também ajudarão a esfumar. Ou seja, pouco produto e bem esfumado, deixando o aspecto bem mais natural e homogêneo.

pegando produto / esfumando

Este modelo de pincel está disponível em vários tamanhos e tem os arredondados e os mais achatadinhos. Eu prefiro aplicar a base com pincel maior e mais arredondado.

  • F80 Sigma Beauty

Deus pensou “as mulheres que gostam de maquiagem precisam de uma benção” e aí inventou este pincel! É tipo a revolução na aplicação da base e eu não estou exagerando!

Por ele ser um kabuki, tem muitas cerdas e o topo dele é reto. Ele esfuma super a base e o resultado fica bem natural! Aliás, só consigo usar a base Studio Fix Fluid da MAC com este pincel (ou com a beauty blender) pois a base é muito grossa, acaba dando um acabamento mega pesado.

Ele funciona super bem com quase todas as bases, só não dá certo com as versões mega fluídas, pois aí esfuma tanto que a base ‘some’. Sem dúvida é o melhor pincel para aplicar base. Tem a venda AQUI e usando o cupom SAVE2012 ganha 10% de desconto!

  • Beauty Blender

A Beauty Blender foi amor a primeira vista! Ela é uma esponja, porém mais densa e firme e com este formato para facilitar a aplicação, além de não absorver quase nada de produto.

Pode ser usada seca ou úmida, mas eu gosto mesmo é de usar úmida, pois assim ela deixa a base bem mais natural! Tem post sobre ela AQUI.

Espero ter esclarecido dúvidas, qualquer coisa deixem perguntas nos comentários! Bora investir em uma bosa base e em algo para uma boa aplicação? Afinal, a preparação da pele é essencial para uma boa maquiagem.

Confiram AQUI os reviews sobre bases e AQUI sobre pincéis.

Confira outros posts do guia de maquiagem sobre:

Veja Também:

Commentários do Facebook

comentários.

118 Comentários

  1. Franci Pacheco disse:

    ”Você sai de casa linda e volta pior do que estava quando acordou” Adoro as tuas falas! hahaha! Carol, se eu te contar que eu não sabia que dava pra pesquisar nos blogs, pelo google, você acredita? hahaha! Adorei a dica!

  2. Fernanda disse:

    Ainda não encontrei uma base pra chamar de ‘minha favorita’ T.T
    Vc já experimentou a HD da NYX, Carol? :) Acho que vai ser minha próxima tentativa.

  3. cibele doná disse:

    oi Carol, tudo bem? Adorei esse post. Você não vai falar sobre as bases em mousse? Eu acho legal essa textura, deixa a pele sequinha. E sobre os filtros solares com cor? No corre corre do dia a dia é bem prático também. Beijos.

  4. Leni disse:

    o meu maior problema na hora da base é a cor nunca acerto, como sofro! =(

  5. Desirre disse:

    Ola…Adorei o post.Parabens…
    Como faco p n ficar com a pele craquelada apos usar a base e o po..eu uso duo cake e o po da vult..adoro…mais as vezes fica craquelado!!!!! BjOsss des de ja OBRIGADO

  6. Danielle disse:

    Também estou sofrendo com esse problema de craquelar.
    Acho quevou comprar um duo fiber…
    Adorei o post, muitas dicas ótimas para nós que amamos make. PArabéns!

  7. luiza disse:

    Nossa,eu não sei oque fazer minha pele é muito boa sabe não tenho espinhas tenho um pouquinho de olheira mais para isso uso um corretivo estou começando meu kit agr e ja me falaram que minha pele é otima e eu não precisso de base mais eu vejo as meninas que eu sigo os tutorias de make delas e ela tem a pele linda tbm mais msm assim elas usam oque eu falo compro ou não compro?

Deixe um Comentário

*